CCI PR/SC comemora 25 anos de fundação com um jantar dançante em Santa Felicidade

0
490

O CCI PR/SC – Centro de Cultura Italiana Paraná-Santa Catarina, um dos poucos gestores da cultura italiana ainda em parte financiados pelo governo peninsular no Brasil – está festejando 25 anos ininterruptos de ensino da língua de Dante.

Para comemorar a data de sua fundação, que na verdade ocorre em julho próximo, a entidade promove, na noite do próximo dia 27, um jantar dançante no Restaurante Madalosso, no bairro curitibano de Santa Felicidade. Para o evento estão convidados alunos, ex-alunos, professores e ex-professores, funcionários e simpatizantes. Segundo seu presidente, Alcir Empinotti, a festa terá início às 19h30min e deverá se constituir em oportunidade para o reencontro de muitas pessoas motivadas pelo interesse na cultura italiana.

O Centro foi fundado e, por muito tempo, dirigido por Luigi Barindelli, falecido em 27.04.2006. começou suas atividades em dependências da Universidade Católica do Paraná e ultimamente tem sede própria à Rua Guilherme Pugsley, 1260, no bairro curitibano Água Verde. Além de cursos para adultos, hoje registra cerca de 6.000 matrículas de jovens que estudam em escolas de Santa Catarina e do Paraná.

Segundo Eminotti, a procura pelo aprendizado da língua italiana se verifica dentre as comunidades com maior número de descendentes de imigrantes italianos, mas é também uma língua que atrai muitas pessoas interessadas em negócios e estudos na Itália. Nos planos da atual diretoria do CCI estão cursos de curta duração voltados a interesses específicos na área do Direito, das Artes e do Turismo, entre outras.

Antes da crise que levou o governo italiano a cortes profundos no financiamento da difusão cultural e linguística em todo o mundo, o CCI chegou a colocar os Estados do Paraná e Santa Catarina dentre os índices mais elevados de matrículas em todo o Brasil. Mas, segundo Empinotti, apesar dos cortes promovidos pelo governo italiano, a procura continua crescendo, principalmente em Santa Catarina.