Fazer crescer o Vêneto através dos vênetos no mundo. Esta é a estratégia, segundo Daniele Stival, secretário regional para fluxos migratórios em visita ao sul do Brasil

0
79

CURITIBA – PR – O secretário do governo da Região do Vêneto, Daniele Stival, iniciou nesta tarde sua primeira visita ao Sul do Brasil, segundo disse, “para conhecer a grande presença vêneta” em terras brasileiras e para divulgar o que seu governo pretende fazer em relação à grande comunidade vêneta espalhada em todo o mundo. Com um “olhar positivo no futuro”, Stival fala em “construir um percurso útil para ambos – os vênetos da Itália e os vênetos que habitam fora dela, calculados oficialmente em cerca de seis milhões de pessoas. Na entrevista que concedeu com exclusivade ao editor da Revista Insieme, Stival alinhou três ações principais: investir nos jovens, na ciência e na tecnologia através do envolvimento recíproco de universidades e investir no setor empreenditorial. Ele assegurou que o tempo das muitas viagens e turismo passou, agora o diálogo, a aproximação e o intercâmbio deve acontecer mais rápido com o uso intensivo das modernas tecnologias. Na entrevista que será publicada na próxima edição da revista Insieme, Stival fala, entre outras coisas, também do que pensa sobre o atual modelo de voto dos italianos no exterior e rechaça a antiga idéia, diversas vezes colocada por governos vênetos anteriores, de conceder o direito de voto também aos vênetos no exterior. Confira a mensagem que ele dirige aos vênetos do Brasil em dialeto vêneto no final do video anexa a esta matéria. Depois de contatos com associações, Estará hoje com lideranças empresariais na sede da Federação das Indústrias do Paraná, seguindo amanhã cedo para Porto Alegre-RS, de onde alcançará a região da Serra Gaúcha, onde desenvolverá extensa agenda