Serviços consulares “mais eficientes e de qualidade” é a prioridade do novo cônsul da Itália em Porto Alegre. “Respeito à legislação vigente”

394
Roberto Bortot, o novo cônsul da Itália em Porto Alegre. (Foto Gonçalo Valduga/Secom RS)

“Minha primeira intenção é poder colocar à disposição da comunidade rio-grandense serviços consulares mais eficientes e de qualidade”, afirma Roberto Bortot, o novo cônsul geral da Itália em Porto Alegre, em mensagem dirigida à comunidade italiana do “mais italiano dos Estados do Brasil”. Bortot assumiu as funções no primeiro dia de agosto, em substituição a Nicola Occhipinti, nomeado chefe de gabinete do subsecretário Ricardo Merlo, no Ministério das Relações Exteriores e Cooperação internacional.

O novo cônsul, que é casado com uma ítalo-gaúcha e fala fluentemente o português, completa a sua ‘primeira intenção’ assegurando que “esta ação administrativa inspira-se no respeito aos princípios da legislação vigente”. Hoje pela manhã ele realizou visita de cortesia ao governador José Ivo Sartori, dizendo que pretende “incentivar ainda mais as relações entre o Rio Grande do Sul e a Itália”.

A mensagem de Bortot inicia dizendo que “com imenso prazer assumi em 1º de agosto último como Cônsul-Geral da Itália em Porto Alegre” e que está “ciente do grande apego e devoção que a comunidade italiana deste Estado nutre pela Itália”.

Bortot escreve ter “também presente que cada uma das várias imigrações regionais italianas em território gaúcho no decorrer da história contribuiu, cada uma a seu modo, para o desenvolvimento do Rio Grande do Sul fazendo dele o mais italiano dos Estados do Brasil: uma grande honra para a Itália.”

“Sendo assim – prossegue – me empenharei para criar condições para que italianos e descendentes sintam-se cada vez mais valorizados, intensificando os laços já existentes e trazendo a Itália sempre mais perto dos gaúchos.”

“Minha primeira intenção – acrescenta Bortot – é poder colocar à disposição da comunidade rio-grandense serviços consulares mais eficientes e de qualidade. Esta ação administrativa inspira-se no respeito aos princípios da legislação vigente. De qualquer modo, permaneço pessoalmente a disposição de toda a Comunidade italiana e aproveito do ensejo para enviar a todos minhas cordiais saudações.”

Fac simile da mensagem de Bortot aos ítalo-gaúchos.

O novo cônsul da Itália em Porto Alegre é nascido em 27/04/1960 e é formado em Direito pela Universidade ‘La Sapienza’ , de Roma em 1986. Tem cursos em diversas áreas, entre elas na de prevenção contra a corrupção, gestão de pessoal, recursos humanos, design para sites de internet, e diversos Masters como em relações internacionais, em responsabilidade civil da administração pública, em consultor legislativo, União Europeia, ciências administrativas e informática jurídica, entre outros.

De 2012 a 2016 atuava junto à Presidência do Conselho de Ministros na área de administração de recursos humanos e instrumentais. Desde dezembro de 2016, Bortot respondia pelo Serviço de Negócios Jurídicos, Contencioso Diplomático e Tratados da Farnesina. Conhece o Português (nível avançado), o Inglês, o Francês e o Espanhol. Foi professor universitário e trabalhou também no Ministério da Defesa, onde ocupou diversos cargos, incluindo o de relações com o Parlamento.