Partido Democrático Italiano realizou neste domingo (16/03) uma grande convenção na capital paulista para apresentação de seus candidatos nas próximas eleições italianas

PATROCINANDO SUA LEITURA

 

u SÃO PAULO – SP – A América do Sul precisa de um representante no Parlamento italiano que possa cuidar bem dos interesses destas importantes regiões, como fizeram os candidatos do Partido Democrático que aqui estão. Esta afirmação proferida  por Luiz Soares Dulci, Ministro Chefe da Secretaria Geral da Presidência da República do Brasil demonstra toda a credibilidade dos nomes presentes na lista do Partido Democrático – PD –  que concorrem as próximas eleições parlamentares italianas.

 

Edoardo Pollastri, Senador Italiano que busca a sua reeleição ao parlamento é o chefe da lista do PD. Pollastri fala da importância deste evento. “Estou muito satisfeito com o sucesso da convenção. Este é o primeiro fórum do partido democrático na América do Sul, o que significa um momento importante na política. Espero que a partir desta iniciativa nasçam outros encontros do mesmo nível em outros países da América do Sul”, diz.

 

Os demais componentes da única lista que representa o centro-esquerda italiano que estiveram presente ao evento foram: Maria Rosa Arona, da Argentina candidata ao senado, Marisa Bafile, da Venezuela candidata a deputado, Cláudia Antonini, do Brasil candidata a deputado, Fabio Porta, do Brasil candidato a deputado e Giuseppe Russo, da Argentina candidato a deputado.

 

“Nossa batalha  é representar a altura os ítalo-descendentes e italianos residentes no exterior. Trabalhei e quero trabalhar em prol desta coletividade a qual eu tenho imenso orgulho de fazer parte. Tive 96% de presença e atuação no Senado Italiano. Esta incansável participação  gerou um benefício comprovado quando da aprovação da lei orçamentária de 2008 que resultou num aumento de 18 milhões de euros a mais em relação ao ano anterior destinados aos italianos residentes no exterior ”, diz Pollastri, que teve seu mandato interrompido devido a queda do governo após cerca 20 meses ocupando o cargo de Senador.

 

Lideranças políticas e brasileiras renderam seu apoio aos candidatos, entre eles, Ricardo Tripoli, Deputado Federal do Estado de São Paulo, João Carlos de Souza Meirelles, Secretário de Agricultura e Abastecimento em 2002, Cláudio Lembo, Ex-Governador do Estado de São Paulo, Julio Semeghini, Deputado Federal e Luiz Soares Dulci, Ministro Chefe da Secretaria Geral da Presidência da República do Brasil.

 

Aproximadamente 300 pessoas estiveram presentes ao evento. “Fiquei entusiasmado com a adesão da comunidade italiana nesta convenção, mas sobretudo pela confiança no projeto de trabalho que pretendemos dar continuidade. Para isso contamos com o apoio de todos”,  finalizou Pollastri.

 

* Fernando Galuppo integra a assessoria de imprensa do candidato Edoardo Pollastri