Comitiva vicentina retorna hoje à Itália depois de contatos institucionais dentro de pacto celebrado com Nova Veneza-SC

163
A Comitiva italiana com o conselheiro Nei Ascari, do Triobunal de Contas de SC e Aroldo Frigo Jr. (Foto Divulgação)

Retornam à Itália nesta quinta-feira os integrantes de uma comitiva italiana que, desde o dia 17 hospedada em Nova Veneza-SC, manteve também contato com diversas autoridades catarinenses, em função de um pacto de amizade entre o município do sul-catarinense e o município italiano de Malo, na província vêneta de Vicenza.

A comitiva é integrada pela prefeita da cidade italiana, Paola Lain, pelo secretário municipal de Malo e conselheiro da Província de Vicenza, Roberto Sette, e pelo vereador Maurizio Cogo. Hoje os visitantes percorreram parte do litoral catarinense e, em Laguna, conheceram a história de Anita Garibaldi.

Segundo divulgou o vereador de Nova Veneza, Aroldo Frigo Júnior, “a vinda dos italianos para o Estado, é pelo Pacto de Irmandade entre Nova Veneza e Malo, conhecido como Gemellaggio, firmado em 2016 na Casa Legislativa neoveneziana” – uma iniciativa sua. Na cidade italiana, o pacto foi oficializado em 2017.

Os italianos percorreram – segundo divulgou Frigo Júnior – diversas cidades da região, como no Planalto Serrano em Bom Jardim da Serra e São Joaquim. Terça-feira última estiveram em Florianópolis, em contatos “muito produtivo”: “Na Assembleia Legislativa fomos recebidos pelo próprio presidente, o deputado estadual, Silvio Dreveck. Também vistamos os gabinetes dos deputados estaduais Marcos Vieira e Rodrigo Minotto. Em seguida fomos ao Tribunal de Contas de Santa Catarina e fomos recepcionados pelo conselheiro, José Nei Alberton Ascari e tivemos o primeiro contato entre o Estado de Santa Catarina referente ao “Gemelaggio” de Malo e Nova Veneza”, disse Frigo Júnior em um comunicado.

Acrescentou ainda que “na oportunidade, o deputado da Província de Vicenza, Roberto Sette, externou a vontade de contato bilateral entre a região do Vêneto, através da Província de Vicenza, com o Estado de Santa Catarina, através da Assembleia Legislativa, e que iniciará a partir de janeiro uma tratativa de encontros entre a Província de Vicenza e também intermediando com a região do Vêneto”.

“A relação e a tratativa será feita – aduziu – através da Assembleia Legislativa, em especial pelo deputado estadual Rodrigo Minotto, que preside a comissão de relações internacionais e o deputado da Província de Vicenza, Roberto Sette”.