Domenico Fornara em foto de 31 de outubro de 2015, em seu perfil do Twitter.

O sucessor de Filippo La Rosa no consulado geral da Itália em São Paulo será Domenico Fornara, segundo está anunciando o deputado Roberto Lorenzato em sua página do Facebook. O anúncio foi postado ontem (03/11) desejando a Fornara “um grande trabalho para a nossa maravilhosa comunidade” e com “o meu agradecimento ao cônsul Filippo La Rosa”.

Nenhuma fonte de Insieme ligada, seja à Embaixada da Itália em Brasília, seja ao próprio Consulado de SP, confirmou a informação, nem o próprio deputado Lorenzato retornou questionamento lhe lhe foi dirigido na tarde de hoje.

PATROCINANDO SUA LEITURA

A se confirmar a informação de Lorenzato, a substituição de La Rosa que responde como Cônsul Geral de Primeira Classe em SP, poderia estar acontecendo antes do tempo regulamentar de quatro anos. La Rosa assumiu em 1º de agosto de 2018 e, segundo a avaliação geral, tem imprimido um novo ritmo de trabalho em todos os setores da primeira estrutura consular do Brasil.

Filippo La Rosa em foto oficial do Site do Consulado Geral da Itália em SP.

Natural de Belgrado, Iugoslávia, Domenico Fornara é formado em economia e comércio e antes de ser nomeado chefe da Diretoria Geral para a Promoção do ‘Sistema Paese’  da Farnesina em 2019, desempenhou, desde 6 de outubro de 2017, as funções de Embaixador em Kampala, capital da Uganda, e também em Kigali, na Ruanda e em Bujumbura, no Barundi.

O post de Lorenzato no Facebook.

Domenico Fornara, segundo o breve currículo disponível no site da Farnesina (Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional), nasceu em 29 de novembro de 1968, formou-se na ‘Università di Roma’ em 1995 e entrou através de concurso para a carreira diplomática em dezembro de 1998. Em seu currículo consta, entre outras funções, que foi primeiro secretário na Representação Permanente junto às Organizações Internacionais em Genebra. Em setembro de 2010 ele assumiu a chefia do II Escritório da Direção Geral para os países das Américas.

Um vídeo de 2018 que circula no Youtube apresenta Domenico Fornara falando sobre “Jabara Agricultural and Vocational Institute of Koboko’, uma escola agrícola que desde 2009 formou mais de dez mil cidadãos de ugandenses, sudaneses do sul e angolanos.