Embaixada e consulados italianos adotam medidas para combate à propagação do coronavírus. SP anuncia novo calendário de agendamentos a partir de segunda-feira

1003

“Desta forma, todos que tiverem recebido e-mail de agendamento para datas a partir de segunda-feira, 16 de março, devem desconsiderar tais agendamentos.”


Em função da evolução da pandemia de coronavírus em todo o mundo, também a Embaixada da Itália no Brasil e os sete consulados que aqui operam estão impondo novos critérios para o funcionamento e atendimento ao público. “O público é atendido apenas no guichê e os funcionários que atendem usam luvas e máscaras de proteção” informou agora no início da tarde o serviço de imprensa da Embaixada, onde as cadeiras na sala de espera, para um máximo de 14 pessoas ao mesmo tempo, foram dispostas a pelo menos um metro de distância umas das outras.

A experiência está funcionando bem”, diz mesma fonte. Já ontem à tarde, a secretaria do Consulado Geral da Itália em Porto Alegre informava a Insieme que “o público está sendo recebido normalmente” e que “os serviços não foram interrompidos, apenas estamos atendendo através de guichês e, em benefício dos usuários, os acessos ocorrem individualmente para evitar aglomeração no interior da recepção”. Tais medidas, entretanto “valerão até ordem contrária do Ministério das Relações Exteriores da Itália”.

PATROCINANDO A SUA LEITURA

Todos os consulados passaram, já algum tempo, a informar em suas páginas na internet o conteúdo integral das medidas tomadas pelo governo italiano, que gradativamente impôs severas restrições às reuniões e aglomerações em todos os campos das atividades culturais, sociais e comerciais na Itália inteira.

Em resposta a pedido de informações de Insieme, o serviço de imprensa da Embaixada informou que “tendo em vista a situação global causada pelo início da pandemia de coronavírus, a partir de segunda-feira dia 9 de março, consideramos apropriado adotar as seguintes indicações no que diz respeito à entrada do público na Embaixada.

1. Revemos as modalidades para o fluxo do público para os locais consulares, tornando-o o mais ordenado e espaçado possível, a fim de evitar aglomerações excessivas de pessoas. As cadeiras dispostas na sala de espera estão a 1 metro de distância uma da outra e na sala podem sentar no máximo 14 pessoas ao mesmo tempo. Os usuários são convidados a manter as distâncias interpessoais de segurança sugeridas pelas autoridades médicas (no mínimo 1 metro). Caso a sala de espera lote, uma sala de espera adicional foi montada no piso inferior, sempre em conformidade com as medidas acima. Nas duas salas está disponível álcool gel para o uso do público.

2. O público é atendido apenas no guichê. Os funcionários que atendem usam luvas e máscaras de proteção.

3. Todas as pessoas que entram na Embaixada devem lavar as mãos na guarita. Nos locais consulares, tem dispensadores de desinfetante à disposição dos usuários, a fim de limitar a possibilidade de qualquer infecção.

4. Foram afixados cartazes com as orientações comportamentais divulgadas pelos ministérios italiano e brasileiro (em anexo)

A experiência está funcionando muito bem.

Lembramos também que no site institucional desta Embaixada e dos Consulados, as informações e indicações fornecidas pelas autoridades italianas e brasileiras sobre a emergência são publicadas e atualizadas constantemente.”

Já o Consulado geral da Itália em São Paulo publica comunicado em que diz, textualmente, o quanto segue: “comunicamos que, levando em consideração os espaços e a tipologia de recebimento do departamento de cidadania, que prevê um contato direto com os requerentes, a partir de segunda feira, 16 de março de 2020, os agendamentos do departamento seguirão outro calendário.

Desta forma, todos que tiverem recebido e-mail de agendamento para datas a partir de segunda-feira, 16 de março, devem desconsiderar tais agendamentos.

Tal medida tem como objetivo tutelar a saúde de todos até que se conclua a pandemia do Virus COD-19 (CoronaVirus). O reagendamento será feito em função de medidas de segurança e portanto, quem não receber e-mails nos próximos dias não deve se preocupar.

Todos aqueles que já haviam recebido uma data serão reagendados com prioridade, e responsabilidade por parte deste Consulado Geral, no momento em que a situação assim permitir.

Como comunicado semanas atrás, este Consulado Geral está fortemente comprometido com uma redução da fila de cidadania atualmente existente. Neste momento, reconfirmamos tal propósito, pelo qual continuaremos trabalhando como feito até o presente momento, quando as condições permitirem. Com relação a documentação eventualmente já emitida, que seria entregue na data já agendada, informamos que a mesma será aceita na data do reagendamento”.