Feibemo cria Centro de Cultura e Língua Italiana para a formação de professores

u CAÇADOR – SC – A Federação das entidades Ítalo-Brasileiras do Meio Oeste e Planalto Catarinense – Feibemo, aprovou recentemente o regimento do Centro de Cultura e Língua Italiana do Meio Oeste e Planalto Catarinense – Climop para promover na região o ensino e difusão da língua italiana. A criação da entidade aconteceu em assembléia geral da Feibemo, realizada em Erval Velho no dia 30 de março de 2005 e seu registro aconteceu menos de trinta dias depois, segundo informa o presidente da Feibemo, professor Aliduino Zanella.
Ainda segundo Zanella, a entidade doravante tenciona firmar acordos de cooperação técnica entre municípios da região e o consulado geral em Curitiba e Feibemo, para viabilizar uma qualificada formação metodológica e linguística a integrantes do corpo docente, com a finalidade de habilitá-los para o ensino do idioma e da cultura italiana aos estudantes das redes municipais de ensino acordantes.
A Feibemo tem sede à Rua Domingos Sorgatto, 166, em Caçador-SC, cidade onde no dia 22 de maior realizou outra assembléia geral para apresentar o plano de trabalho da atual diretoria, discutir sobre a organização do IV Encontro da Cultura Italiana Feibemo/2005 (a realizar-se em Luzerna dias 1 2 2 de outubro) e assinar os primeiros acordos de cooperação técnica para o ensino da língua e cultura italiana. O encontro aconteceu no prédio da Reitoria da Universidade do Contestado. A entidade é considerada de utilidade pública estadual. 

PATROCINANDO A SUA LEITURA