Insieme n. 19 – DI ANGELO

815

É um patronímico, ou seja, formado com o nome do pai, caracterizado pela preposição di. Nomalmente esses patronímicos são do sul peninsular italiano. Esses tipos de sobrenomes (patronímicos) são as primeiras formas a se consolidarem na Itália e isso se deu entre os séculos VIII e IX (700 e 800). Angelo, que seria a sua base, continua o nome latino de ambientes cristãos Angelus, mas pelo mais é formado na alta Idade Média pelo substantivo angelo = anjo, que continua o latim eclesiástico angelus, adaptação do grego ánghelos, que traduz o hebraico mal’âk = mensageiro de Deus. Em última análise este sobrenome tem o significado de: fulano (filho) de Angelo.

Insieme/Edoardo Coen

PATROCINANDO A SUA LEITURA