Jornalista Fernão Silveira assume presidência da Casa Fiat de Cultura de Belo Horizonte

413

A Casa Fiat de Cultura tem novo presidente. O jornalista Fernão Silveira, que já ocupava uma posição na diretoria executiva da instituição, assumiu dia 26 último a presidência da Casa Fiat de Cultura.

Fernão Silveira é diretor de Comunicação Corporativa e Sustentabilidade da Fiat Chrysler Automóveis (FCA) para a América Latina e sucede na presidência da Casa Fiat de Cultura a João Ciaco, que deixou o cargo após 18 anos de contribuições significativas para o grupo FCA.

“Sinto-me honrado em assumir a responsabilidade por uma instituição tão relevante como a Casa Fiat de Cultura, que há 13 anos é um marco na difusão das artes e na formação de público em Minas Gerais e no Brasil”, afirmou Silveira.

Sobre Fernão Silveira – Com 20 anos de atuação na área de Comunicação, Fernão Silveira é diretor de Comunicação Corporativa e Sustentabilidade da Fiat Chrysler Automóveis (FCA) para a América Latina. Anteriormente, respondia pela Diretoria de Comunicação da Ford para a América do Sul.
Antes de atuar no setor automotivo, Fernão Silveira foi gestor de Comunicação Corporativa nas consultorias CASE Consulting e Thomas Case & Associados, na Catho Online e na Dow Química, empresa na qual desenvolveu e gerenciou projetos regionais e globais, ficando baseado por mais de quatro anos na sede global da companhia, em Michigan (EUA). Ele atuou como gerente global de Comunicação da operação Dow Olympic & Sports Solutions, sendo responsável pelas estratégias globais de comunicação da empresa durante três edições dos Jogos Olímpicos. Ele também dirigiu na companhia a comunicação global da plataforma de Inovação, Pesquisa, Desenvolvimento e Educação STEM (educação voltada às Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática).
Fernão Silveira iniciou sua carreira na redação do Diário do Grande ABC, atuando nas versões impressa e online do jornal. Também foi editor do portal Terra. É graduado em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo, com pós-graduação em Comunicação Corporativa e Relações Públicas pela Faculdade Cásper Líbero e especialização em Assuntos Corporativos pela Fundação Getúlio Vargas.

Sobre a Casa Fiat de Cultura – Há 13 anos, a Casa Fiat de Cultura cumpre importante papel na transformação do cenário cultural mineiro, ao apresentar grandes e prestigiosas coleções e exposições de renomados artistas e movimentos artísticos brasileiros e internacionais. A grande arte de Caravaggio, Chagall, Rodin, De Chirico, Aleijadinho, Amilcar de Castro, Portinari, Tarsila do Amaral e outros pôde ser apreciada e discutida de forma gratuita ao longo de todos esses anos, por todos os públicos, de todas as idades e classes sociais. Mais de 2,5 milhões de pessoas já visitaram as exposições e mais de 400 mil participaram das atividades educativas.

Entre 2006 e 2018, a Casa Fiat de Cultura apresentou 49 exposições, onde exibiu mais de 2 mil obras de arte, além de nove itinerâncias, que contemplaram cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília e Buenos Aires. Sua programação é inteiramente gratuita e acessível a todos os públicos.