Maie com nova estrutura no Brasil: Petruzziello no comando, Taddone na vice e Molossi alarga horizontes. Mas tudo na surpresa.

1074

“Walter Petruzziello torna-se coordenador do Maie no Brasil, tomando o lugar de Luis Molossi que é promovido a vice-coordenador para a América do Sul. Daniel Taddone, finalmente, é o novo vice-coordenador do Maie no Brasil”. Assim terminava um “comunicado à imprensa” distribuído na tarde de hoje pelo partido do “Movimento Associativo Italiani all’Estero”, colhendo de surpresa todos os indicados e também os demais participantes do encontro que reuniu em São Paulo, na última sexta-feira (22), parte dos coordenadores do partido no Brasil sob a presidência do deputado ítalo-argentino Mario Borghese.

A supresa da nomeação foi confirmada a Insieme pelo próprio novo coordenador, Walter Petruzziello, em vídeo-entrevista exclusiva no final da tarde, em que se disse surpreso pela notícia, mas agradecido pela indicação. “Não reivindiquei cargo algum”, disse, animado entretanto diante de novos desafios. UM deles será o de dar conteúdo brasileiro ao movimento até aqui visto como prevalentemente argentino.

“Precisamos sair da cadeira e ir ao encontro das pessoas”, disse Petruzziello, ao abordar diversos problemas que, como coordenador, promete enfrentar – da fila dos passaportes às novas agências consulares de primeiro grau para Santa Catarina e Espírito Santo. Segundo Petruzziello, este assunto “está caminhando” e “creio que a solução não deva demorar muito”.

Além de tornar o Maie e seu trabalho conhecido das pessoas, o novo coordenador disse também que “precisamos ir ao encontro das associações”, observando ainda que “não se pode dizer a um cidadão italiano que ele venha buscar seu passaporte daqui um ano”, referindo-se aos problemas consulares da “maior comunidade itálica do mundo”.

O encontro – presidido pelo deputado ítalo-argentino Mario Borghese, vice-presidente do Maie mundial, que representou o presidente, senador Ricardo Merlo – segundo o mesmo comunicado, foi organizado por Luis Molossi e Bruna Saccardo Spinelli, coordenadora para São Paulo, estando presentes, além de Petruzziello e Taddone, Luciana e Antonio Laspro, Natalina Berto e Fabio Pizzighello. Os coordenadores de área que não compareceram foram Liliana Frenda e Aldo Chianello (Rio de Janeiro), Thiago Roldi (Espírito Santo), Itamar Benedetti (Santa Catarina) e Elio Zanette Rio Grande do Sul).

Coordenadores do Maie no Brasil reunidos em SP dia 22/03. (Foto Divulgação)

Segundo o comunicado do partido, o encontro serviu para que Borghese mostrasse “uma fotografia” da “atualidade política italiana e não apenas isso: Merlo, em sua mensagem, enfatizou as diversas iniciativas tomadas pelo governo italiano a favor dos italianos no exterior”. Molossi, segundo o mesmo comunicado, enfatizou a importância do trabalho do subsecretário Merlo em Roma, “citando por exemplo o ótimo resultado obtido pelos 350 novos recursos humanos para a rede consular em todo o mundo, pessoal que tornará mais ágil e veloz o trabalho nos consulados para os nossos concidadãos”.

Ainda segundo o comunicado, durante o encontro “foram enfrentados os problemas atuais de nossas comunidades, com a participação de todos os presentes, sinal da vitalidade da coordenação do Maie no Brasil e da grande vontade de participação política dos italianos aqui representados, que nessa circunscrição são muito numerosos: a de São Paulo, de fato, é a maior comunidade italiana do Brasil”.

O comunicado encerra dizendo que “na conclusão dos trabalhos, por unanimidade, decidiu-se pela reorganização da estrutura do Maie no Brasil. Assim, Walter Petruzziello torna-se coordenador do Maie no Brasil, tomando o lugar de Luis Molossi que é promovido a vice-coordenador para a América do Sul. Daniel Taddone, finalmente, é o novo vice-coordenador do Maie no Brasil”.