u Nova Friburgo surgiu da colonização de vários povos e a imigração que trouxe o progresso vai ganhar mais um marco no município.

A santa protetora dos imigrantes, Francisca Cabrini, terá um monumento erguido no Suspiro, bem próximo à Praça das Colônias. A realização é da Associação Ítalo-Brasileira de Arte e Cultura de Nova Friburgo (Aibac), que já constituiu uma comissão para elaborar o projeto, já contando, inclusive, com pareceres favoráveis do bispo diocesano dom Rafael Llano Cifuentes e da prefeita Saudade Braga.

PATROCINANDO SUA LEITURA

 

Para o presidente da Aibac, Giuseppe Arno, a homenagem a Santa Francisca Cabrini representa bem a função social da entidade na promoção de atividades culturais. No último fim de semana os integrantes da comissão organizadora visitaram o Suspiro para definir o melhor local para o monumento.

 

Integram a comissão (na foto, da esquerda para a direita) o presidente da Aibac, Giuseppe Arno; o artista plástico e arquiteto Rogério Kato; o empresário Gilberto Sader; a professora Dilva Maria de Moraes e o artista plástico Felga de Moraes, o Batistinha.