O Cevep e os difusores do Talian

236

O CENTRO DE ESTUDOS VÊNETOS NO PARANÁ – CEVEP, NO “XXIII INCONTRO DEI DIFUSORI DEL TALIAN”

Nos dias 25, 26 e 27 de outubro de 2019 o CEVEP participou do XXIII Incontro dei Difusori del Talian em Nova Erechim, Santa Catarina. O evento foi promovido pela Associação Italiana Vêneta de Nova Erechim, com apoio da Associação dos Difusores do Talian – Assodita, da Federação de Entidades Ítalo-Brasileiras e de Mestres e Ofícios da Cultura taliana – Feibemo, e da Federação da Associação ítalo-Brasileira do Rio Grande do Sul – Fibra. A participação do Cevep no evento foi uma oportunidade para afirmar a importância do Estado do Paraná no contexto brasileiro da língua Talian enquanto Referência Cultural Brasileira.

Com a conferência “O Cevep como possibilidade de salvaguarda do Talian do planalto curitibano”, foram abordados: os aspectos históricos da imigração italiana no Estado do Paraná; as marcas da identidade italiana presentes no território; o processo de salvaguarda da cultura italiana iniciado ainda no ano de 1958; a inserção do Paraná no Inventário Nacional do Talian e a atuação do Cevep nas comunidades paranaenses.

O evento, que acontece anualmente, contou com conferências referentes ao patrimônio cultural da imigração italiana, com a apresentação de experiências de salvaguarda e promoção do Talian na região Sul do país, além de jantar, filò e as reuniões do “Comitato Nassional de Gestion de la Lengua Talian” e da Assodita. A próxima edição do evento acontecerá pela primeira vez no Paraná, no município de Colombo.

O Cevep é um grupo de pesquisa cadastrado no Conselho Nacional de Pesquisa, CNPq, em 2018, formado por detentores da comunidade ítalo-brasileira dos municípios paranaenses de Campo Largo, Colombo e Curitiba, com representantes e pesquisadores da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná, Unicentro, Universidade Federal do Paraná, UFPR, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC-PR, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Iphan-PR, Associazione Veneti nel Mondo – Colombo, Associação Italiana Padre Alberto Casavecchia e Museu Cristòforo Colombo. Reúne membros de distintas áreas de atuação como Linguística, Educação, História, Arquitetura, Engenharia, Comunicação, Design e Direto. Tem como objetivo o registro, descrição e análise do Talian falado na Região de Colonização Italiana no Paraná, pelo viés da Sociolinguística. Todos os seus membros são voluntários e as ações do grupo são gratuitas, não visando lucro.

O Talian é uma das autodenominações para a língua de herança formada por um conjunto de línguas de imigração do Norte da Itália em contato entre si e com o português do Brasil. Na área da Região de Colonização Italiana no Paraná, trata-se de uma koiné de base vêneta, especialmente do vicentino e do trevisano em contato entre si e com o português do Brasil, com características próprias, derivadas do contexto brasileiro, que a diferem da matriz original.
O Talian foi reconhecido em 2014 pelo Iphaqn/Minc como Referência Cultural Brasileira.


EL CENTRO DE STUDI VÉNETI SO’L PARANÀ – CEVEP, SO’L XXIII INCONTRO DEI DIFUSORI DEL TALIAN

So i dì 25, 26 e 27 de otobre de 2019 el Cevep el ga partessipà del XXIII Incontro dei Difusori del Talian a Nova Erechim, Santa Catarina. El evento l’è stà organizà par a Associassion Italiana Véneta de Nova Erechim, insieme con a Associassion dei Difusori del Talian – Assodita, a Federassion dee Entità Ìtalo-Bresiliane e de Maestri e Ufissi dea Cultura Taliana – Feibemo, e a Federassion dee Associassion Ìtalo-Bresiliane del Rio Grande do Sul – FIBRA. A partecipassion del Cevep so’l evento el ze stà ‘na oportunità par raforsar a importansia del Paranà so’l universo bresilian dea ‘éngua Talian come Referénsia Culturae Bresiliana.

Co a conferénsia “El Cevep come possibilità par sostegner el Talian del altopiano curitibano”, se ga parlà: dea stòrgia dea imigrassion italiana so’l Paranà; dei segni de identità taliana sun questa tera; dei lauri fati par mantegner viva a cultura taliana scuminsiai ancora so’l ano de 1958; el Paranà so’l Inventàrio Nassionae del Talian e el laoro del Cevep so’e coeónie paranaense.

El Incontro, che gien fora ‘na volta par ano, el ga sucedesto con ‘na sbrancà de conferénsie sora el património culturae dea imigrassion italiana, con a presentassion dee esperiensie par sostegner e menar avanti el Talian so’l nostro paese, e anca na sena, fiò e riunion del Comitato Nassionale de Gestion de la Léngua Talian e dea ASSODITA. A pròssima edission del evento sarà par a prima volta so’l Paranà, so’a sità de Coeombo.


El Cevep ze un grupo de riserca iscrito so’l Conselho Nacional de Pesquisa – CNPq, sun 2018, formà par detenturi dea comunità ìtalo-bresiliana dee sità paranaense de Campo Largo, Colombo e Curitiba, con rapresentanti e risercaduri dea Università del Centro-Oeste del Paranà – Unicentro, Università Federal del Paranà – UFPR, Pontifìcia Università Catòlica del Paraná – PUC-PR, Istituto del Património Stòrico e Artìstico Nassionae – Iphan-PR, Associassion Veneti so’l Mondo – Coeombo, Associassion Italiana Prete Alberto Casavecchia e Museo Cristòforo Coeombo. El riunisse gente de diferenti rami de studi come ‘Ètere e ‘Éngue, Creansa, Stòrgia, Architetura, Engegneria, Comunicassion, Design e Giurisprudensia. El ga come ogetivo registrar, descriver e studiar el Talian palà so’a Region de Colonisassion Taliana del Paranà, par medo dea Sociolenguìstega. Tuti i so partessipanti i ze volontari e i lauri del grupo i ze gratùiti, sensa guadagnar soldi.


El Talian l’è ‘na dee autodenominassion par a ‘éngua de eransa vegnesta fora par medo de un insieme de ‘éngue de imigrassion del norte dea Itàlia in contato tra de ee e co’l portoghese del Brasie. So’e coeónie dea Region de Colonizassion Italiana so’l Paranà, el ze ‘na Koiné che a gran parte a ze véneta, soratuto vissentin e del trevisan in contato tra de iuri e co’l portoghese del Brasie, co so pròpie caraterìstiche, vegneste fora dea diversità bresiliana, che a fa diferente del véneto originae.


El Talian l’è stà ricognossuo in 2014 par el Iphan/MinC come Referénsia Culturae Bresiliana.

  • Moisés Stival com a participação de Diego Gabardo, Fábio Luiz Machioski e Loremi Loregian Penkal