Oeste catarinense é só folclore: começa amanhã o “Primo Raduno Internazionale dei Gruppi Folcloristici Veneti”

788

Com o envolvimento de pelo quase vinte grupos folclóricos italianos de todo o oeste catarinense, e também alguns de outros Estados, tem início formal amanhã (02/07) o “Primo Raduno Internazionale di Gruppi Folcloristici Veneti”, um evento que terá seu ponto alto no próximo sábado, dia 6, no município de Pinhalzinho-SC, mas que se estenderá até o próximo dia 13.

O evento que já está há algum tempo movimentando a juventude ítalo-brasileira da região é promovido pela “Federazione Folk La Serenissima” e seus federados e, segundo seu presidente, Patrick Juliano Zancanaro, de Pinhalzinho, contará com a participação de dois grupos italianos – um de Possagno, e  outro de Montebelluna, da Província vêneta de Treviso.

Zancanaro conta que a ideia do “Raduno” nasceu “a partir de um intercambio ano passado, onde estivemos representando o Brasil no 14º Raduno di Venetnia; firmamos parceira e obtivemos o reconhecimento da mesma”. Já está decidido que  a festa será bienal, um ano no Brasil e outro na Itália.

Nossa federação – explica Zancanaro, que preside também a Associação “Bellunesi – Famiglia di Pinhalzinho” – é ligada à “Associazione Venetnia”, na Itália, com sede na cidade de Treviso e que reúne os grupos de folclore do Vêneto. Segundo ele, “na região oeste de Santa Catarina temos a maior concentração de grupos folclóricos do país, e praticamente 100% de origem vêneta”, através de uma migração interna  proveniente do Rio Grande do Sul.

O “Primo Raduno” tem uma extensa programação, a iniciar por Foz do Iguaçú, amanhã, com recepção dos grupos visitantes no Aeroporto, segue por Pinhalzinho no dia 3, vai a São Miguel do Oeste e Guaraciaba no dia 4; depois, no dia 5 em Chapecó e, no dia 6 de volta em Pinhalzinho;  no dia 7 a programação é em São Lourenço do Oeste, seguindo-se, no dia seguinte, em Serra Alta;  em Pinheiro Preto será no dia 9; no dia 10, em Salto Veloso; dia 11 em Água Doce; dia 12, em Treze Tílias, para terminar, no dia 13, em Caxambu do Sul.

Patrick Juliano Zancanaro, presidente da “Folk Serenissima”. (Foto perfil FB)

Participam a Associação Vêneta de Pinheiro Preto; a “Associazione Veneta di Caxambú do Sul”, o Grupo Cultural Italiano Colônia Cella, de Chapecó; a Associação Vêneta de Salto Veloso; a Associação Vêneta “La Montanara”, de Água Doce; a “Associazone Bellunesi nel Mondo” de Pinhalzinho; a Associação Coral São Braz, de Caxias do Sul-RS; a “Associazione Triveneta” de Celso Ramos; a Associação Missioneira de Etnia Italiana de Santo Angelo-RS; a Associação Vêneta de Treze Tílias; o “Gruppo Folkloristico Luce dei Monti”, de Rio Novo do Sul-ES; o “Circolo Trentino” de Santa Teresa-ES; o “Gruppo Folkloristico San Gaetano”, de São Lourenço do Oeste; a Associação Italiana “Madonna di Caravaggio”, de Guaraciaba; o Grupo Cultural de Serra Alta;  o Grupo Ítalo-Germânico de São Miguel do Oeste; e o “Gruppo Folkloristico Granello Giallo”, de Venda Nova do Imigrante-ES.