Os 102 anos de Bibi Ferreira e suas origens genovesas. Quem não lembra dos Circo dos Irmãos Queirolo?

Se estivesse viva, Bibi Ferreira completaria hoje (01/06) 102 anos de vida. Nascida em 1922 no Rio de Janeiro, essa grande atriz e cantora brasileira morreu em sua cidade natal em 13 de fevereiro de 2019 aos 96 anos.

Nascida numa família de artistas, seu pai foi o ator Procópio Ferreira, carioca filho de portugueses da ilha da Madeira chegados ao Brasil pouco tempo antes de seu nascimento. As origens madeirenses da família paterna de Bibi remontam ao povoamento da ilha no século XV.

Já a mãe de Bibi, a bailarina Aida Josefa Izquierdo Queirolo, tem uma genealogia bastante mais variada. Nascida na cidade espanhola Alicante, famoso balneário mediterrâneo, era filha de um espanhol de Madrid e de uma uruguaia de Montevidéu.

É na família Queirolo que surgem as longínquas raízes genovesas de Bibi Ferreira. Dois de seus 16 trisavós, Francesco Queirolo e Francesca Ferrando, eram lígures. Casados em Montevidéu em 1843, deram origem a uma enorme família que se espalhou no Cone Sul da América do Sul.

Os Queirolo formaram o “Circo dos Irmãos Queirolo” e apresentavam-se pelas principais cidades do centro-sul do Brasil, especialmente entre Paraná e São Paulo. Tiveram exitosas temporadas nos tempos áureos dos cassinos no Brasil, como o Cassino da Urca no Rio de Janeiro ou o Cassino da Ilha Porchat no litoral paulista. Na década de 1950, os irmãos Queirolo decidem permanecer de forma definitiva em Curitiba, onde estão até hoje.