Peregrinos da Montanha se preparam para lançar terceiro CD

u Caravaggio (Nova Veneza) – SC – Levando adiante o trabalho de documentação e divulgação de antigas cantigas da tradição musical presente na vida passada e atual dos italianos da região sul-catarinense, a Associação Coral “Os Peregrinos da Montanha”, do distrito de Caravaggio, município de Nova Veneza, está preparando o terceiro CD da série “Canti dei Nostri Antenati”. O lançamento, segundo informa o relações públicas do grupo, José Luiz Ronconi, deverá acontecer este ano (2005), para repetir o sucesso dos dois primeiros CDs da trilogia – o primeiro gravado em 1996 e o segundo no ano 2000.

PATROCINANDO A SUA LEITURA

Além das atividades que desenvolve no Brasil, o grupo coral, fundado em 19 de agosto de 1978, mantém intenso intercâmbio com corais da Itália. Mantém gemellagio, celebrado em 2004, com o Coro Castel de Conegliano Veneto (Treviso). Para os 25 integrantes do coro, comparecer aos ensaios semanais é uma agradável obrigação. Afinal, são os ensaios que garantem a manutenção da qualidade vocal do grupo que já é conhecido na maioria dos Estados brasileiros e esteve em giro pela Itália.
A Associação Coral “Os Peregrinos Da Montanha” (nome fantasia: “Coro Peregrinos” –  End.: Av. José Ronchi, s/n – Caravaggio – Nova Veneza – SC. Cep 88868-000) é uma entidade considerada de utilidade pública (Lei Municipal No. 408 de 22/10/1979 / Lei Estadual No. 5.674 de 29/04/1980).

É composto de 25 elementos e caracteriza-se por ser um coro polifônico à capela, constituído exclusivamente por vozes masculinas. Segundo o relações públicas do grupo, José Luiz Ronconi (jronconi@brturbo.com.br) o objetivo é conservar vivo na memória das pessoas, como patrimônio cultural herdado, as canções trazidas pelos antepassados imigrantes italianos. Dedica-se também ao canto religioso nas várias línguas.

Seu maestro fundador foi Luiz  A. Cirimbeli; o atual regente é o professor Valdenir Zanette e o grupo já teve como maestros Antônio Amboni ( In memorian) e Neri Antônio Milanez.

Ronconi faz um resumo das atividades do grupo: participações em diversos festivais de corais, nos vários veículos de comunicação, recitais, festas religiosas, viagens por vários estados brasileiros e ao exterior, com destaque para a viagem em giro cultural pela região norte da Itália (Bergamo, Padova, Treviso, Vicenza e Belluno), realizada em setembro de 1998. No ano de 1996 gravou o primeiro CD “Canti dei nostri antenati I”, contendo parte do seu repertório de quase 30 anos de existência. Em 2000 gravou o segundo CD “Canti dei nostri antenati II”, divulgando um trabalho pioneiro de resgate e catalogação da memória musical dos imigrantes italianos na região. Para 2005, esta preparando o lançamento do CD “Canti dei nostri antenati III”, levando adiante o trabalho de resgate e divulgação das antigas cantigas da tradição musical tão presentes na vida passada e atual dos italianos do sul catarinense. Paralelamente ao trabalho de resgate, desenvolve intensa atividade de intercambio com vários corais da Itália, tendo assinado o Gemellagio com o Coro Castel de Conegliano (TV) em 2004.

Ensaios: o grupo se reúne semanalmente para ensaios em sua sede no distrito de Caravaggio.

Recursos Financeiros: baseia-se em mensalidades pagas pelos seus integrantes, contando também com a colaboração de empresas de Caravaggio e um convênio com a Prefeitura Municipal de Nova Veneza.

Administração: Dotado de estatuto e regimento interno, possue uma diretoria composta por: presidente, vice-presidente, secretário, relações públicas, tesoureiro e diretores de patrimônio, cultural e de serviços, todos eleitos em assembléia com mandato de dois anos.