Petruzziello emocionado com homenagem em sua pequena Pratola Serra, de onde saiu com dois anos de idade. “Sei Walter, il figlio di Antonuccielo”

465

“Foi emocionante. Isso, com certeza, vai ficar pra sempre em minha mente”, disse Walter Antonio Petruzziello após receber o premio “Pratola Serra nel mondo 2014” das mãos das principais autoridades de sua terra natal, na província de Avellino, região italiana da Campania. O prêmio, aprovado pela “Giunta Comunale” (correspondente à Câmara Municipal) ainda em 2014, foi entregue ao advogado que atualmente reside em Curitiba e preside o Comites ‘Comitato degli Italiani all’Estero’ dos Estados do Paraná e Santa Catarina, durante cerimônia realizada na tarde de ontem (14/09), na sede do município italiano.

Petruzziello deixou sua terra natal em 1954, com dois anos; para lá voltou diversas vezes em visitas a avó e tios que lá ficaram, “mas – conforme lembrou – já há quase 20 anos que não vinha”. Seus conterrâneos, entre eles “vários primos”, incluindo alguns de Toronto, Nova Iorque e também um de Lucerna, fizeram questão de prestigiar a entrega oficial do prêmio “all’avv. Walter Antonio Petruzziello, Cavaliere della Repubblica Italiana e Grande Ufficiale dell’Ordine della Stella della Solidarietà Italiana”.

Segundo se lê na informação postada na página oficial do município no Facebook, o currículo do homenageado “é vasto e riquíssimo e sua pessoa é densa e conhecida em todo o mundo, mas apesar de sua notoriedade, Petruzziello nunca esqueceu suas origens, sua família e os personagens de Pratola Serra. Ver-se escolhido e depois premiado em seu próprio lugar de origem é motivo de orgulho para esse advogado que fez questão, mesmo com alguns anos de atraso, que a cerimônia de premiação acontecesse oficialmente assim que tivesse oportunidade”.

Ainda segundo ali está escrito, “seu pronunciamento agradavelmente nos chamou a atenção, principalmente quando, entre outras coisas, elogiou as belezas e a cultura da Itália e, acima de tudo, quando disse que este prêmio o tocou muito mais que todas as honorificências recebidas. Pratola Serra está orgulhosa de seu homenageado”.

“Acredito – disse a Insieme Petruzziello – que meu nome foi lembrado pelas minhas atividades e por sempre ter falado que nasci em Pratola Serra. Sem deixar de lembrar que esse amor que tenho por Pratola Serra e pela Itália me foi passado pelo meu pai”. Ele disse que outra coisa emocionante “foi ser cumprimentado por alguns “velhinhos” que me diziam “tu sei Walter, il figlio di Antonuccielo che é andato in Brasile” (tu és Walter, o filho de Antonucciello que foi para o Brasil)”.

“Foi maravilhoso tudo isso e, com certeza, vai ficar pra sempre em minha mente.  Tenho muitos parentes residentes lá e, com certeza, a minha história foi relatada para o conselho que votou essa homenagem. Fazia mais de 20 anos que não ia até Pratola Serra e foi lindo rever minha terra natal, com seus 4.000 habitantes. mas muito bonita”, concluiu.