Público canta ‘Va Pensiero’ no encerramento do encontro de corais italianos. Catedral ficou lotada

1929
Coro Itálico – Centro de Cultura Italiana (Regente: Anderson Ombrellino)
O Coro Italico é uma junção do antigo Coro Itálico do Paraná (fundado em 1988) com o Coral CCI (fundado em 2000). Juntos desde 2013, executam a maioria das peças em língua italiana, com o objetivo de manter a cultura dos seus antepassados por meio da música.
Escola de Cantores S. Pio X (Regente: Ricardo Batista da Silva)
Fundado há 82 anos com o nome ‘Schola Cantorum Pius X’. Teve como maestro o professor José Francisco Gomes Ribeiro e como organista sua esposa. Era presidente o Padre Ladislau Kula. Coral de vozes masculinas, apresentou-se pela primeira vez na Catedral de Curitiba em 1937. Em 1938, o maestro Luiz Eulogio Zilli assumiu e foi regente por 37 anos. Em 1952, participou do Centenário de Emancipação Política do Estado do Paraná, agregando vozes femininas, criando a Associação Orfeônica de Curitiba, em 1953. Neste ano aportuguesou o nome para Coral São Pio X. Participou da pré-inauguração do Teatro Guaíra em 26/11/1954. Em meados de 1976 o coral encerrou suas atividades tendo sido reativado em 1988.
Coral Folclórico Italiano Santa Felicidade (Regente: Anderson Ombrelino)
Assim que terminou a Segunda Guerra Mundial, os descendentes de imigrantes italianos radicados na colônia de Santa Felicidade, em Curitiba, já com a liberdade de manifestarem seus sentimentos, começaram a expandir a sua inata arte de cantar. O Coral teve início em março de 1945. Tornou-se Associação Civil e Cultural, com estatuto próprio, sem fins lucrativos, inscrita no Ministério da Cultura. Com o apoio da Fundação Cultural de Curitiba, em outubro de 1998 gravou o primeiro CD. Lançou outros dois álbuns, em 2002 e 2007.
Coral da Sociedade Dante Alighieri (Regente: Jonatas Jessé Borges)
Foi em 2013 que o Centro Cultural Ítalo-Brasileiro Comitato Dante Alighieri deu início a este coral que tem como principal objetivo divulgar a língua e a cultura italiana pela música. Possui um repertório eclético e se apresenta em diversos lugares, cidades e estados do Brasil.
Coral da Catedral Basílica de Curitiba (Regente: Heber de Castro)
Foi fundado em 1987 pelo Padre Alfeu de Azambuja, assumindo como responsáveis pelo Coral o Maestro e Organista Gerardo Gorozito e maestro Valdemar Felix da Silva. Este permaneceu na regência do grupo até 2011. Heber de Castro, que já era organista do Coral da Catedral desde 2001, assumiu a regência ainda em 2011.
Canarinhos de Campo Largo (Regente:Theo de Petrus)
Coro criado em 1989 pelo maestro Theo de Petrus. Filiado à Federação Nacional dos Meninos Cantores do Brasil, é um coro liturgico, ou seja, está a serviço da igreja, embora com repertório variado. Seus integrantes são crianças e jovens da rede municipal de ensino de Campo Largo. Durante um ano letivo estudam teoria, técnica vocal e flauta doce. Após este período são admitidos no coro, ensaiando três vezes por semana.
No final das apresentações de cada grupo, o público ainda presente na Catedral entoou o ‘Va’ Pensiero’, (coro dos escravos hebreus) da Opera Nabuco, de Giuseppe Verdi.
(Com informações da redação)