Trentinos de todo o Brasil têm encontro em Nova Trento-SC neste fim de semana

Os círculos trentinos de todo o Brasil têm encontro marcado para o próximo fim de semana na cidade catarinense de Nova Trento. O evento, que terá início já na sexta-feira à tarde com a recepção das delegações, discutirá, entre outras coisas, o programa comemorativo aos 150 anos da imigração trentina no Brasil, a ocorrer ano que vem.

Segundo informa o coordenador dos círculos trentinos de Santa Catarina e Paraná, Andrey José Taffner Fraga, na pauta do encontro nacional, que não é realizado desde o ano de 2011, estão também temas relacionados ao novo conselho diretor da Trentini nel Mondo, os editais à disposição dos círculos para projetos, os 150 anos da grande imigração, a situação Rio Grande do Sul e ajuda humanitária, a formação de professores de italiano e bolsas de estudos de língua italiana.

Taffner explica que também estão previstos momentos culturais, especialmente nos jantares de confraternização, “já que o evento se realizará em uma cidade forte na cultura trentina, que é Nova Trento”. A abertura do encontro, a realizar-se no CEIC – Centro de Espiritualidade Imaculada Conceição, será no sábado pela manhã, a partir das 9 horas, com a saudação das autoridades presentes, apresentação dos círculos participantes.

Segundo Taffner, além de representantes dos círculos trentinos de todo o Brasil, “o encontro contará também com a presença de diversas autoridades locais e da cônsul geral da Itália para os Estados de Santa Catarina e Paraná, Eugenia Berti. Membros do staff da associação Trentini nel Mondo estarão presentes e guiarão os temas a serem debatidos”.

A organização do encontro informa que, no Brasil, são 60 os círculos, fundados a partir de 1975, quando foi celebrado o centenário da imigração italiana. Eles estão divididos em três regiões: Rio Grande do Sul, com 16 associações; Santa Catarina e Paraná, com 29 associações; e o centro-norte do país, com 15 associações.

A coordenação informa ainda que os círculos trentinos encontram-se distribuídos em todos os locais do território nacional onde haja concentração de descendentes de imigrantes trentinos. “Em Santa Catarina, por exemplo, eles estão presentes desde São Miguel do Oeste até Florianópolis. Essas associações desenvolvem atividades de cunho cultural, linguístico, voluntariado, histórico e tantos outros, impactando a cena cultural das regiões onde atuam.

Em todo o mundo, atualmente, existem mais de 200 círculos trentinos, espalhados em 4 continentes. “Eles se congregam através da associação Trentini nel Mondo, fundada em 1957, em Trento-Itália”, segundo explica a organização do encontro, acrescentando que “a cidade escolhida para este encontro, Nova Trento, foi fundada por imigrantes trentinos em 1875, e preserva, até os dias de hoje, fortes marcas desta imigração, inclusive no dialeto.

Na imagem que segue está o programa do encontro.