Comites de Curitiba autoriza a criação de uma Comissão Jovem

PATROCINANDO SUA LEITURA

Aspecto da Assembléia do Comites de Curitiba que aprovou a constituição da Comissão de Jovens. (Foto Desiderio Peron/ Revista Insieme) 

CURITIBA – PR – “O Comites Curitiba comunica que, durante a 1ª Assembléia de 2011, por unanimidade, aprovou a constituição da Comissão de Jovens para esta circunscrição”, anuncia hoje Gianluca Cantoni, presidente do órgão, em sua rede de e-mails. A nova comissão que já tem mais de 70 jovens ítalo-brasileiros inscritos será coordenada pelo conselheiro Luis Molossi, segundo também ficou decidido na mesma assembléia, realizada no último sábado, dia 2. O objetivo da comissão é “constituir um canal de interação entre os jovens ítalo-descendentes residentes na circunscrição consular dos Estados do Paraná e de Santa Catarina” que poderão se inscrever livremente tendo ou não reconhecida a cidadania italiana por direito de sangue, desde que com idade inferior a 40 anos.
Participaram do encontro três dos quatro jovens que estão à frente do movimento – Elton Diego Stolf, Cristiane Zucchi, Fabio Thon e Carlo Endrigo Peron. Eles assumiram o compromisso de organizar uma assembléia entre os jovens já inscritos e os que vierem a se inscrever (para se inscrever, clicar aqui) para referendar os objetivos e funções apresentados na proposta de ação  e também para legitimar os representantes perante o Comites bem como “organizar, criar e validar regimento interno da Comissão Jovem que deverá conter a estrutura organizacional da Comissão e a forma em que a mesma irá desenvolver seus trabalhos”.
Na reunião do Comites, a qual compareceu o cônsul geral da Itália em Curitiba, Salvatore Di Venezia, foram tratados também de outros assuntos de interesse da comunidade ítalo-brasileira.