Imbecil? Gostaria de saber…

411

“A revista Insieme tem sido um verdadeiro instrumento de democracia, inclusive quero aproveitar para agradecer por ter publicado minha critica aos deputados eleitos Longo e Lorenzato na matéria “O pequeno Principe e o fantasma da ópera”. E justamente por isso gostaria de fazer um relato sobre uma situação sofrida no último final de semana numa ‘chat’ de meu Partido.

Contrariando aquele velho ditado de a roupa suja se lava em família, me sinto na obrigação moral e política de revelar os fatos que me atingiram na honra e na minha dignidade.

A Nota ‘on-line’ de Pasquale Matafora, contrariando de maneira tranquila e pacata uma opinião de Fabio Porta sobre a confirmação de [Ricardo] Merlo no cargo de Governo [italiano] tem sido o estopim para uma saraivada de críticas por parte do grupo ‘PD Brasile’.

Na chat, o Porta se sentiu magoado e ofendido, e toda a claque de sua corte tomou as dores e ficou batendo palmas, ignorando a questão principal da matéria – este é o momento dos aperto de mãos, a rivalidade tem que dar espaço a uma sólida e construtiva cooperação.

Argumento defendido inclusive pela direção nacional do PD.

Infelizmente, ou felizmente, tive a oportunidade de defender a posição de Matafora e, para minha surpresa, o Presidente do ‘PD Brasile’, Andrea Lanzi, além de me chamar de imbecil, me excluiu do grupo de Whatsapp .

Gostaria de saber, considerando que até agora não recebi nenhum pedido de desculpas e nem o secretário Porta repreendeu a atitude absurdamente grosseira de Lanzi , que rumo o ‘PD Brasile’ tem intenção de seguir?

Se for o stalinismo de Lanzi, que no passado também não deu exemplo de ser democrático, ofendendo o Daniel Taddone de forma muito deselegante, ou seguir a linha de fazer a guerra ao Merlo, pensando em futuras eleições para recuperar o mandato de Fabio Porta.

Fui um dos fundadores do circolo PD de Fortaleza, há muitos anos tenho sido um amigo leal de Porta, demonstrando sempre estima e admiração. Percebo, porém, com tristeza e decepção, que o ‘PD Brasile’ está dependendo apenas do Porta e de sua corte de apoiadores. Até agora não teve uma definição de cargos nem de comissões para reorganizar o trabalho junto com nossa comunidade.

Se alguém pensar algo diferente é chamado de imbecil!

Parabéns ao Lanzi e parabéns ao Porta, o espírito democrático parece ter se tornado um conceito abstrato no vocabulário de vocês.

Tive que usar o espaço de Insieme porque não tive a oportunidade de replicar a ofensa recebida.

Para isso envio copia da chat e que isso sirva para refletir e fazer uma séria autocrítica.

Não vou sair do PD, e exijo a retratação do Lanzi; inclusive seria benéfico para o Partido se ele finalmente fizesse um passo para trás para, finalmente, o PD traçar uma estratégia com uma agenda propositiva e construtiva no âmbito da nova aliança de governo.

‘Un caro saluto’, Andrea Pacia