Passaportes: abertura do Prenota Online seria o início da guerra da Farnesina às “máfias do agendamento”. Só o começo

972
Abertura do 'Prenota Online' é iniciativa da Farnesina, segundo fonte de Insieme. (Foto Desiderio Peron / Revista Insieme)

Não foi o Consulado Geral da Itália em Curitiba a decidir pela abertura do agendamento de passaportes 24 horas por dia no sistema ‘Prenota Online’, como foi noticiado inicialmente, mas a decisão partiu de Roma. Quem garante é uma fonte bem situada de Insieme, adiantando que isso está ocorrendo ou vai ocorrer também em outros consulados italianos ao redor do mundo, por ora “como um teste” que pretende “colocar fim às máfias do agendamento”.

Segundo a mesma fonte, a iniciativa teria partido do próprio subsecretário Ricardo Merlo, que “está procurando fazer com que a Farnesina entenda que a pior coisa para um italiano é não poder entrar no sistema ‘Prenota Online’ e agendar a solicitação de seu documento de viagem”. Merlo, que é Senador no Parlamento italiano, tornou-se o primeiro eleito no exterior com a incumbência de conceber e administrar as políticas dirigidas aos italianos no exterior do Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Econômica.

Dentre outros consulados em que o teste vem sendo, ou ainda será operado, estaria o Consulado Geral da Itália em São Paulo, “mas neste, provavelmente, a abertura será, inicialmente, por três meses”, garante a mesma fonte. “Estamos em guerra contra a máfia dos turnos, e isto é apenas o início”, acrescentou. O agendamento em Curitiba está aberto até os primeiros dias de outubro do ano que vem.

Desde que foi instituído, o sistema ‘Prenota Online’ atraiu as iras incondicionais dos italianos no exterior, sobretudo na América do Sul e no Brasil, já que ele permite a ação de “atravessadores” que conseguem chegar antes na marcação das vagas disponibilizadas diariamente em cada consulado. Isto era feito a partir de uma determinada hora (zero hora de Roma) em alguns dias da semana. As dificuldades começaram a aparecer logo em seguida e, como consequência, empresas particulares e escritórios de “assessoria” passaram a “vender vagas”, cobrando caro por seus serviços.

A liberação do Prenota Online na área de Curitiba, realizada sem aviso prévio e público há cerca de uma semana, somente no ‘passa parola’ lotou as vagas disponíveis até o mês de junho próximo. Hoje à tarde ainda existiam agendamentos para maio. A fonte de Insieme não soube dizer se experiência semelhante será feita também para o serviço de agendamento para o reconhecimento da cidadania italiana, como já acontece no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte. Instado a falar sobre a abertura do sistema, o cônsul Rafaele Festa, de Curitiba, manteve-se em silêncio.  Ano passado, durante uma reunião co Intercomites em Curitiba, Festa disse que o Prenota Online’ é um “monstro informático”.

No início de julho, dirigindo-se aos conselheiros co CGIE – ‘Consiglio Generale degli Italiani all’Estero’, Ricardo Merlo anunciou que o sistema Prenota Online seria revisto, repetindo informações que já tinha dado a Insieme anteriormente, segundo as quais daria fim ao sistema ‘Prenota Online’. Naquele mês, o Consulado de Porto Alegre havia abandonado o sistema para adotar o agendamento através de e-mail.